quarta-feira, 8 de junho de 2016

NARS: dual-intensity blush




Com as temperaturas a subir começamos a querer ter aquela pele bronzeada, bem vistosa e luminosa.
Mas nem sempre conseguimos ir à praia apanhar um bom sol (usando sempre protecção, é claro!). Então podemos contar com ajuda da maquilhagem. Neste caso, para ajudar a ter o viço de uma pele bem saudável, uso este duo iluminador e blush da Nars na cor Frenz. Faz parte da colecção dual-intensity, que a partir de uma tecnologia torna os produtos super pigmentados com um efeito multi-dimensional. Conclusão, fica lindo na pele.

Tanto o iluminador como o blush tem uma boa pigmentação. O iluminador é lindo, um dourado muito suave transparente e que dá um brilho muito bonito, muito natural, como se fosse um véu! O blush é já uma cor coral, sem ser aquele laranja de bronzeado falso, muito bonita para o Verão. Na descrição do produto dizem que o blush contém minúsculos brilhos metálicos, mas para mim posso dizer que são quase invisíveis. Ambos não acumulam nos poros e são fáceis de aplicar.
Gosto de usar o dois juntos, passar o pincel ao mesmo tempo nos dois, fica um look muito luminoso, sem ser demasiado para o dia a dia, combinam muito bem um com outro.

Na minha pele ambos duram umas 5horas sem retocar. O que é bom! A textura de ambos é muito suave ao toque, podem ser usados na pele com um pincel seco ou molhado. Usa-se molhado para salientar melhor os pigmentos, para o dia a dia uso com o pincel seco, mas para à noite uso o blush em seco e o iluminador molhado para dar mesmo um efeito "tcham" nas noites mais festivas. Aconselho sempre a terem uma mão leve com o pincel, porque realmente a pigmentação é muito elevada, então mais vale prevenir e ir criando uma base, do que querermos ser rápidas e "ops, sermos o Pikachu!"

A embalagem é naquele plástico duro em preto aveludado, fácil de ser guardada na carteira. Tem um íman, que assegura-nos que a embalagem não vai abrir-se sozinha. Também tem um espelho, o que é sempre uma boa ajuda se levarmos para fazer o retoque.

Esta dupla é óptima para as viagens de férias de verão, porque o tom é mesmo um toque de cor bronzeado que fica muito bem

Qual é a vossa dupla de blush/iluminador para o Verão?

- - - - -

Encontram à venda aqui.


segunda-feira, 30 de maio de 2016

Como escolher o creme de olhos?



Uma questão super importante quando cuidamos da nossa pele: Como escolher um creme de olhos e saber que ele funciona?
Às vezes ficamos naquela, este creme quando eu não durmo parece que não faz efeito, ou quando o ponho noto que aclara a zona do olhar mas depois o efeito passa, ou sentimos que precisamos algo mais hidratante...
Dou-vos 3 passos importantes para tornarem-se melhores amigas do creme de olhos:

1. Identificar a principal preocupação

Os cremes de olhos são produzidos para terem vários efeitos e texturas. Infelizmente não existe o creme que serve para tudo, tipo bb cream que vemos por aí. Por isso, temos que focar, ir para espelho e consciencializar o que queremos tratar. Algumas das preocupações que podemos ter são: olheiras, inchanço, flacidez da pele, ruguinhas ou linhas finas... Cada uma de nós tem a sua preocupação, que podem ser de causa genética, hábitos adquiridos, uma infinidade de coisas... mas o mais importante é apercebermos primeiro o que nos está a causar transtorno.

2. Ler os ingredientes

Há alguns ingredientes que podemos estar interessadas que os nossos cremes tenham, por exemplo:
Cafeína - ajuda a reduzir o inchaço;
Ácido Hialurônico e cerâmidas - hidrata a zona dos olhos e ajuda a prevenir as rugas;
Vitamina C - reduz a vermilhão causados pelos danos ambientais, estimula o colágeno;
Vitamina K - restaura a pele;
Retinol (ter cuidado em pele sensíveis, nem todas as pessoas podem usar) - reduz as linhas finas, ajuda a regenerar as células e estimula o colágeno.
Outros antioxidantes e peptideos - ajudam a fortalecer a pele, a prevenir rugas e iluminar a zona dos olhos.
Tudo isto para tornar a pele mais firme, mais jovem, com uma melhor textura e elasticidade! Mas meninas, não conseguimos ter tudo isto num creme! Por isso temos que escolher o que queremos atacar e pedir conselho às consultoras que estão na loja que conhecem melhor os produtos que nós. Mas sabendo destes ingredientes, pelo menos já temos alguma noção quando olhamos para aquela lista enorme de ingredientes que é o nosso creme!

3. Aplicar o creme correctamente

Aplicar o creme pode ser um passo que pode resultar numa experiência óptima ou péssima. Por exemplo, existem cremes que é necessário friccionar primeiro com os dedos para passar na pele para libertar os óleos, e quando não o fazemos, não o estamos a usa-lo com toda a intensidade que podíamos. No entanto já ouvi reclamar que os cremes fazem arder os olhos, isto porque o creme é para ser posto onde sentimos o osso circular ocular, não é para chegar ali na raíz das pestanas... Aí é que podemos provocar a situação de chorar se formos sensíveis aos ingredientes do creme, por isso bastante atenção nos ingredientes se formos alérgicas!
Então para tirar as dúvidas, o creme de olhos deverá ser aplicado com os dedos anelares ou médios, por serem os dedos mais fracos quando esbatemos o creme. Depois em movimentos circulares esbater delicadamente o creme, sem o puxar e esfregar na pele, em torno do osso circular. Vejam este vídeo da cosmopolitan para terem a ideia de como podem fazer correctamente.
E já está, menos de 2 minutos tratamos dos nossos olhos.

Assim espero que encontrem o melhor creme de olhos que surta efeito na vossa principal preocupação!

- -
Fotos e Pesquisa feita: Elle, Madamme Noir, Cosmopolitan, Brand-List



domingo, 22 de maio de 2016

Garatujas, um espaço de fantasia na nossa vida



Hoje quero falar-vos de uma pessoa muito querida e que tem imensa criatividade e que eu gosto muito. Falo-vos da Daniela Lomba, ela é minha prima e tem apoiado muito para este espaço. Como já viram alterei o meu layout e foi ela que fez. A Daniela tem um coração enorme, muito simpática e super profissional com o que faz. Gosto muito dos projectos dela e do caminho profissional que ela está a traçar, cada vez mais com ilustrações mais lindas e fofas que as primeiras. Para além de ser designer profissional, mãe, esposa e minha prima dedica-se a criar várias coisas para o mundo dos mais pequenos!

A Daniela é a criadora da Garatujas. Tem uma página de facebook onde podem encontrar todos os trabalhos que ela tem desenvolvido no âmbito de ilustrações para as crianças. E digo-vos mais, não é só para crianças, porque eu própria já me apaixonei por uma girafa e um macaquinho fofinhos!

Podemos encontrar aqui as suas ilustrações em t-shirts, molduras (que ficam super bem não só no quarto dos pequenos mas nos quartos dos adultos também, eu adoro-as!), capas de telemóvel, calendários, sacos, relógios, cartões de felicitações, até fraldas com as ilustrações incorporadas! É uma ternura e sempre que vou lá ver o que ela tem, apetece redecorar a casa e viver naquele ambiente de fantasia!
Tem ideias bem giras, e também se nós próprios tivermos ideias, ela consegue concretizá-las.

Ela é muito talentosa como designer, tem uma grande sensibilidade para conceber as ideias de uma forma dinâmica, alegre, bem actual e moderna que é bem visível nos seus trabalhos. Também faz muito trabalho de freelance e podemos ver grande parte do seu trabalho na sua página na Behance, um portal mesmo destinado para os designers mostrarem a sua criatividade.

Digam lá, uma moldura com uma raposinha nerd ficava bem na vossa parede, não?
Sigam-na no Facebook e no Behance, e criem o vosso canto de fantasia!

 - - - - - -
Fotos tiradas daqui



quinta-feira, 19 de maio de 2016

Primer olhos | Urban Decay




Quando queremos que a sombra fixe durante todo o dia e noite, não há muitos truques, tudo indica que a melhor forma é aplicar um primer para olhos antes da sombra! Agora qual o primer escolher aí é que há muitas possibilidades. Eu pessoalmente gosto de usar o primer da Urban Decay, nunca me deixou ficar na mão e por causa disso ainda não experimentei outro para além desta marca. 

Dentro da gama de primers, a Urban Decay tem uma colecção de cinco primers, todos com uma característica diferente. Aquela que estou a usar neste momento e que não me deixa atrás é o Eden. 

Escolhi o Eden por causa da cor, ele tem um fundo amarelado que condiz bem com a minha pele. Para além disso, é mate e destaca a cor da sombra que aplicar. A embalagem é como se fosse uma bisnaga de plástico, é pequena e tem um aplicador que dá muito jeito. Basta tirar uma vez o aplicador da bisnaga que já sai com bastante produto para as duas pálpebras. Aplico directamente na pálpebra duas vezes, uma mais para o canto interior e outra no canto exterior, e espalho, ou com os meus dedos se quiser fazer bem rápido ou com a beauty blender quando tenho tempo. 

Nota-se bem a diferença quando uso e não uso primer, porque a minha pele é oleosa. Se não aplicar o primer, normalmente transfere para a pálpebra superior a sombra ou o eyeliner que usar, com o primer isso não acontece. Este passo na maquiagem é muito breve, faz-se em menos de 1 minuto e o resultado é duradoiro para o resto do dia. Eu sou apologista do uso de primers, porque não gosto de preocupar-me em retocar a maquiagem. Com ajuda dos primers, sei que estarei bem durante todo o dia!

Tem outras opções de primer para os olhos que gostam de usar?

domingo, 15 de maio de 2016

Multi-funções | Inglot


Para as viagens, o melhor dos mundos são as paletas multi-funções, onde podemos ter o que precisamos sem estar à procura, porque tudo está no mesmo lugar!

Esta paleta é da Inglot, ela vende-se separada dos produtos, nós é que personalizamos a paleta com os produtos que gostamos. As paletas da Inglot são óptimas, tem uma boa resistência daquele plástico bem duro, são finas, e como tem um fundo com íman temos a certeza que os produtos não saltam e a tampa não sai do sítio. 

Quando escolhi-a, queria já à partida fazer uma paleta com produtos para a face que não fossem sombras. Então escolhi um pó bronzeador, blush e dois correctores. 

Pó bronzeador, nº 30
Este pó tem uma textura cremosa ao toque, é muito suave quando aplicamos. Tem uma boa duração, tem uma excelente pigmentação, por isso aconselho uma mão muito leve para não aplicar muito pó na face, e esfuma-se muito bem. Como este pó é mate, uso-o como pó de contorno, tem dado resultado para criar a sombra na face. Recemente, uso-o mais para o contorno.

Blush, nº 68
O blush é mesmo para dar à face uma cor de saúde! Este blush faz isso mesmo, sinceramente foi muito difícil de escolher...há tantas cores! O que eu escolhi foi um rosa com um toque coral, gosto muito dele, mas é um pouco mais poeirento que o bronzeador e tenho que ter cautela para o pó não acabar por esvoaçar para os correctores. Como a pigmentação é boa, também ponho muito pouco no pincel, para se ir esfumando e criando o "pop" de cor mais ou menos acentuado, dependendo do modo que eu quiser.

Corrector, LW 500 e Peach
Os correctores da Inglot foram uma surpresa. Eu não conhecia os correctores e quando comprei, não foi logo comprar de primeira. Experimentei na loja, fui dar umas voltas para ver se não "craquelava" e depois fui comprar num outro dia (podem fazer isso para tudo que é maquiagem, quando não sabem o que esperar! É melhor experimentar e verem se realmente vale a pena gastarem o vosso dinheiro). Então comprei dois correctores porque eu tenho umas senhoras olheiras, bem roxas, um pouco inchadas logo de manhã... então para não parecer que estou doente preciso de ajuda! Uma cor para corrigir o roxo que é a cor Peach, a mais clara e é mesmo pêssego para ver se disfarça o roxo das olheiras. Outra cor para colocar por cima para equilibrar com a cor da minha pele, o LW 500, e não parecer um panda. Estes correctores são muitos cremosos, basta uma pequena quantidade para espalhar e é incrível como é cremoso na pele, não craquelam e duram bastante na pele. 

Gosto muito desta forma personalizável das paletas, imaginem que um dos produtos termina antes dos outros, só compro aquele que falta e ficamos felizes da vida!


Não Romantizar comportamentos ABUSIVOS



Diariamente ouvimos várias coisas, muitas vezes até sentimos que podíamos ter dito algo no momento, mas por gostarmos de alguém e não querermos uma discussão, calamo-nos e acontece uma vez, duas vezes e por aí fora. Quando damos conta, estamos numa relação tóxica onde há uma assimetria de poder que leva a termos uma relação com traços abusivos que podem ter consequências emocionais bastante graves para nós. Precisamos de treinar a nossa inteligência emocional e começar a detectar pistas para não cairmos em uma relação tóxica e dizer basta. Vou dar no meu ponto de vista 3 pistas flagrantes que tem a tendência em evidenciar-se quando se está numa relação tóxica:

Frases Abusivas

"Eu não vivo sem ti", "tive um passado horrível, saí muito magoado, o nosso namoro é a minha última esperança", "eu quero ir contigo, não consigo sair sem ti", "faço tudo por ti" - este tipo de frases são um grande alerta, parecem fofas no início e muitas vezes podem ser camufladas de que estão a viver uma grande paixão. Mas não, este tipo de frase revela que estão com pessoas com tendência a serem dependentes emocionais. As relações são recíprocas, não é da tua responsabilidade a estabilidade emocional do outro... A prioridade na vida és tu, não podemos salvar ninguém. Cada um é responsável pela sua vida. Pode parecer egoísta, mas nestas situações onde há dependência excessiva, começa a ser um sufoco e peso estar com uma pessoa com este tipo de tendência... por isso também tens que te preservar.
"És uma burra, mas gosto de ti à mesma", "estás tão chata, que não consigo ficar perto de ti neste momento", "continuas a ser uma p****" - para as relações mais duradoiras, quando começam a chamarem-te por nomes depreciativos é um grande alerta que a vossa relação está tóxica. Primeiro, há que haver respeito mútuo, as discussões por mais acesas que sejam não podem escalar até ao ponto de se chamarem nomes. Segundo, se há um desacordo, não é atacando o outro que se resolve, é com diálogo e centrando-se nos factos, porque até podem chegar à conclusão que "concordam em discordar" e não faz mal, não tem que concordar com tudo e viva a diversidade de opiniões!

Chantagem emocional

"Faço tudo por ti, e tu não fazes nada por mim", "porquê que não respondes as minhas mensagens logo que envio para ti, não gostas de mim?", "só faço X, se fizeres Y", "agora é a tua vez de ficares com Z porque eu já fiquei ontem e anteontem, parece que já não queres saber de nós" - este tipo de discurso tem que ser analisado pelos dois, como isto começou?, o que podemos fazer para não ter um discurso assim dia-a-dia? É preciso dialogar, haver confiança e sinceridade. Muitas vezes isto acontece como se fosse uma bola de neve, cada dia que passa vai acumulando mais e mais. Por favor, não deixes acumular, não vai para a cama zangada. É mesmo importante resolver estes problemas de comunicação na hora. Respirar fundo, ir tomar um banho, pensar nas ideias e sentares de novo para perceber como podem ultrapassar isto.

Ciúme e posse

"Não podes sair sozinha, sem mim", "és minha e de mais ninguém, não te vou deixar nunca", "não sais de casa com mini-saia sem mim", "só danças comigo quando sairmos" - iniciar uma relação monogâmica não quer dizer que vais distanciar da tua vida social, muitas vezes acontece porque estás a conhecer a vida social da outra pessoa, mas não quer dizer que vais perder os teus amigos e amigas e que te afastes da tua vida social permanentemente. Continuar a ser dona de ti própria, do teu corpo e acções é importante para ter uma relação saudável. Casais que vigiam demasiado a vida do outro quer dizer que falta confiança na relação. É preciso saber que limites não devem ser ultrapassados, e isso só se faz com o diálogo. O ciúme nunca fez bem a ninguém, isso de romantizar que a pessoa quando sente ciúme é porque gosta, é mentira. Quem sente ciúme, sente-se inseguro na relação e por isso precisa de controlar o outro. Existem outros comportamentos saudáveis para mostrar que se gosta, e ciúme não é um deles. Quando se perde autonomia de onde queremos ir, com quem queremos ir, com medo de represálias, discussões e dramas, isso já é um abuso, porque de certa forma estás a anular-te e a não fazer o que te apetece.
"Vais sair para te encontrares com o outro, não é?", "não quero que ligues ou converses com o teu ex-namorado" - Se existir histórico de traição anterior, isso tem que ser trabalhado para não ser projectado na relação presente, como disse antes saber os limites de cada um. Tens que dialogar para saber o porquê da insegurança de não deixar relacionar com outras pessoas. Não faz sentido abdicares de uma amizade por insegurança, mas terás que demonstrar através das tuas acções que é só uma amizade e nada mais. Nada que esteja ligado com controle, ciúme e posse faz bem, tudo isto faz parte de uma bola de neve chamada insegurança que não queremos que exista para uma relação dar certo.

Lembra-te que uma relação saudável não magoa, não oprime, não assusta, não te culpa. Fica atenta a estes traços, só o diálogo e a confiança são fundamentais para a relação. 

Não subestimes a tua capacidade de ser feliz, e que podes sê-lo sozinha ou com outra pessoa que te valorize mais e que te respeita.

Estas relações tóxicas não estão cingidas só entre casais, também pode acontecer nas relações entre pais e filhos, irmãos, amigas/os, chefes e subordinados, colegas de faculdade ou trabalho. Está atenta também como relacionas-te com os outros.

(este é só um desabafo que faço ao lembrar-me de casos de amigas que já ajudei em situações abusivas... e sendo psicóloga, o que escrevi é com base na experiência interpessoal, profissional e muito estudo)


segunda-feira, 9 de maio de 2016

Trio de Bálsamos para lábios



Os bálsamos são normalmente aquele objecto de beleza que estamos sempre a experimentar, e aquele que fartamos de perder, e compramos e perdermos e compramos e perdemos novamente... ou às vezes nem é perder, é esquecer em qual das carteiras está... ou em qual das casas de banho deixamos. Enfim, devíamos dar mais valor e estimá-lo mais, e por entre aqueles que se perde ou que terminam, recorro muito frequentemente a este trio.

Carmex
Esta marca ainda não é muito conhecida em Portugal, mas já se pode comprar online (mostro no fim do post!). Quando comprei este bálsamo, pensei "uhau, este vai ser fantástico!" isto porque há a indicação que Carmex hidrata bastante não deixando os lábios secos, além do mais tem SPF 15 e sabor a morango! Acontece que não é bem assim, Carmex é um bálsamo que dá para ser usado em temperaturas amenas a quentes, para temperaturas frias a muito baixas, não dá nenhum efeito hidratante... não é aquele bálsamo que nos vamos deitar com ele, ou o primeiro para hidratar os lábios para a maquiagem logo de manhã, ou quando sentimos os lábios a gretar. Definitivamente não é o meu salvador de lábios! Este bálsamo é óptimo sim para levarmos na carteira como retoque. Até dá um toque glossy aos lábios, por isso escolhi-o para andar comigo e vai-me protegendo dos raios solares!

Kiss Balm - Kiko Milano
A Kiki Milano tem muitos "hits and misses". Comprei este bálsamo, primeiro porque a embalagem encheu-me os olhos, é gira para um simples bálsamo. Estava bem reticente em relação à fórmula... E bem, sendo clara para vocês, nós queremos que o bálsamo permaneça nos nossos lábios algum tempo, este desaparece em menos de 2 horas, ou seja muita pouca duração. No entanto, super hidratante e muito cremoso, o mais cremoso de todos, com sabor a pêssego muito bom e dá uma leve corzinha aos lábios. É SPF 15 e isso também é um bom bónus! Também é aquele tipo de bálsamo para guardarmos na carteira e irmos usando ao longo do dia, porque para além da leve cor que dá aos lábios também protege dos raios solares. Escolho especialmente para os dias que não uso maquiagem, mas não descuido dos meus lábios!

Neutrogena
Este bálsamo é o meu salvador. Sabem quando vão para um lugar muito frio, mas frio de temperaturas muito baixas por exemplo -17º, este vai-vos salvar dos lábios gretados. Também uso-o quando vou dormir, e quando preparo-me para aplicar batôn por cima. A duração dele é boa, a consistência é um pouco espessa se comparar com os outros dois (mas nada exagerado, aplica-se bem). Podemos dizer que este bálsamo é o de casa, não o levo na carteira comigo para retoques, mas uso-o frequentemente todos os dias. Com ele sinto que não tenho problemas de lábios secos e gretados e os outros vão ajudando a prolongar a sensação quando estou fora de casa!


Qual é a vossa escolha de bálsamos labiais, recorrem sempre aquele que já conhecem ou vão experimentando sempre?

- - - - - - - - - - - -
Neutrogena encontra-se em qualquer farmácia, ou aqui, aqui
Carmex encontra-se aqui, aqui
Kiss balm encontra-se aqui