sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Big Girl Rocks


Imagem 1 | Imagem 2 | Imagem 3

Já passou o tempo que as mulheres plus-size tinham de se vestir de forma conservadora, para nós tudo era básico: t-shirts e calças em tons escuros e em cores escuras. Muitas até iam buscar as t-shirts ao departamento dos homens, para o peito caber dentro delas. Foi uma era triste, mas agora não é assim!

Actualmente, o cenário mudou, marcas como C&A, H&M, Forever21, La Redoute, Violeta by Mango, Asos Curve, Evans, Kiyonna, Boohoo,  (entre outras mais que não estou a recordar) revolucionaram este nicho de negócio, criando looks para uma mulher moderna.
Acabou-se a era das t-shirts de homem, há mulheres que sabem que têm excesso de peso mas aceitam os seus corpos tal como eles são. Sabem que não vão emagrecer e vestir os “tamanhos regulares” até ao 38 (porque o excesso de peso também pode ser derivado de vários factores, não é?). Por causa disso não podem sentir-se fashion?



Imagem 1 | Imagem 2 | Imagem 3

As mulheres plus-size têm auto-estima e gostam de vestir bem, usar crop tops, padrões, vestidos, saias, e muitas riscas!!! Muitos bikinis também!! Com muita cor!!! Há que mudar a mentalidade e mostrarmos o nosso potencial como mulher moderna que está a par da moda e exige que as marcas façam roupa para o nosso tamanho, porque enganam-se aqueles que acham que a moda plus-size não gera lucro. Nos EUA, a moda plus-size no ano passado gerou 18 mil milhões de dólares, é qualquer coisa para o negócio de vestuário feminino. Por isso, minha gente: mulheres plus-size compram e compram bem!

Se a nossa voz se fizer ouvir, a oferta vai aumentar, porque procuramos.


Qualquer mulher quer olhar-se no espelho e gostar de si. Vamos lá abraçar o nosso corpo, deixar o look baggy e abraçar o decote, abraçar os tops sem manga, abraçar as saias curtas e os calções... Big girl rocks, é o lema para mim. Só porque uso um tamanho maior que 38 não sou desleixada, pelo contrário amo a moda!


Imagem 1 | Imagem 2 | Imagem 3

Espero ajudar a muitas jovens e senhoras a terem consciência que são bonitas por elas próprias, a construírem uma noção positiva do seu corpo. Acredito que todo o ser humano tem a determinação de ser feliz, do interior para o exterior, e de facto aceitarmos o nosso corpo e sabermos conviver com ele é um passo gigante para essa determinação. Enquanto isso espreitem estes blogs onde eu busco muita inspiração!

Sem comentários :

Enviar um comentário